É PUNK: 475 profissionais de saúde do RN testaram positivo. Trinta são do Walfredo Gurgel

É PUNK: 475 profissionais de saúde do RN testaram positivo. Trinta são do Walfredo Gurgel

O Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, o maior do Rio Grande do Norte, tem 30 profissionais de saúde infectados pelo coronavírus. De acordo com a direção da unidade hospitalar, referência para urgência e emergência em Natal, 80 dos 1.956 servidores estatutários que atuam no local foram testados para a doença, o que equivale a 4% do total de funcionários diretos da instituição. Em todo o Rio Grande do Norte, 475 profissionais de saúde estão com a Covid-19. Os números foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN). Esse montante equivale a 23,36% do total de casos confirmados no Estado nesta terça-feira, 12, que foi de 2.033 pessoas infectadas.

Fora da rede estruturada pelo Estado para atender os casos de Covid-19, o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel recebe principalmente vítimas de trauma. O complexo, que conta com o Pronto Socorro Clóvis Sarinho, tem hoje quatro pacientes com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus. Eles aguardam o resultado dos exames em uma área do hospital que foi destinada aos que apresentam sintomas da Covid-19.

A situação revela que a epidemia já está dentro das unidades hospitalares do Estado que não estão destinadas ao tratamento de pacientes com Covid-19. No Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, por exemplo, há pacientes que aguardam procedimentos como neurocirurgias e outras cirurgias de trauma e estão com sintomas da doença.

Lá, assim como em outros hospitais do Rio Grande do Norte, é comum que os profissionais da saúde trabalhem também em outras unidades hopitalares – inclusive aquelas que estão atendendo diretamente os casos de Covid-19. Esse pode ser um dos fatores que possivelmente teria facilitado a entrada da doença nesse e em outros hospitais.

TRIBUNA DO NORTE