Maia defende adiamento das eleições ‘sem prorrogação de mandato’

Maia defende adiamento das eleições ‘sem prorrogação de mandato’

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira (19), durante entrevista coletiva, que haverá discussões no Congresso nos próximos dias para debater um possível adiamento das eleições municipais em função da pandemia de coronavírus.

Segundo Maia, a maioria dos parlamentares tende a defender o adiamento das eleições previstas para outubro, porém sem determinar prorrogação do mandato.

Nesta segunda, Maia anunciou a criação de um grupo de trabalho com senadores e deputados para discussão do tema. “Vamos discutir se mantemos no mesmo dia ou se modificamos dentro do mesmo mandato. A maioria [dos parlamentares] entende que podemos ter o adiamento, mas sem prorrogação do mandato. É quase unanimidade”, disse.

Após as discussões, o assunto será levado até o novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luis Roberto Barroso.

Adiamento do Enem

Maia, que se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro na última semana, solicitou também o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) devido à pandemia. Segundo ele, até esta manhã, não houve resposta do governo federal.

Entidades e alunos pedem pelo adiamento de uma das principais portas de entrada ao ensino superior alegando que, devido ao isolamento, alunos mais desfavorecidos não têm como acompanhar as aulas online.

Um projeto sobre o adiamento da prova deve ser votado nesta terça no Senado. “Se o Senado votar, eu vou votar e vamos promulgar a decisão. Agora é tramitação. O Senado vota hoje e espero ter uma posição do governo no dia de hoje”, disse.

JOVEM PAN