Osmar Terra diz que pandemia não é fim do mundo, que setores da imprensa “venderam” a doença e quarentena pode ter piorado

Osmar Terra diz que pandemia não é fim do mundo, que setores da imprensa “venderam” a doença e quarentena pode ter piorado
FOTO: VEJA GRUPO ABRIL

O ex-ministro da Cidadania e deputado Osmar Terra (MDB-RS), que tem experiência no combate à gripe H1N1, afirmou em entrevista ao site Diário do Poder e a esta coluna, que o novo coronavírus “não é o fim do mundo”, como setores da imprensa “venderam” a doença. Ele considera que a quarentena imposta pelos governantes pode ter piorado a infecção do covid-19. Segundo ele, “estamos sendo vítimas de uma experiência”, a experiência do isolamento pela primeira vez em situação de pandemia.

“Já tivemos dezenas de pandemias, e nunca se fez isso”, diz Osmar Terra, ex-secretário de Saúde gaúcho durante o surto do H1N1.

Sobre a chance de assumir o Ministério da Saúde, o médico Osmar Terra desconversa, e diz que “já ajuda o governo de qualquer forma possível”.

“Sou eternamente grato pelo reconhecimento (de ter sido ministro de Estado). Não tem homenagem maior que essa”, revelou.

CLÁUDIO HUMBERTO