Polícia Civil elucida latrocínio em São Gonçalo do Amarante

Polícia Civil elucida latrocínio em São Gonçalo do Amarante
PC/ASSECOM

Policiais civis da Força-Tarefa de São Gonçalo do Amarante divulgaram, nesta terça-feira (17), a elucidação de um latrocínio ocorrido na comunidade do Alagadiço Grande, em São Gonçalo do Amarante. 

De acordo com as investigações, o crime teria ocorrido no dia 19 de novembro de 2018, por volta das 21h. Na ocasião, dois suspeitos chegaram no local em uma moto e, em seguida, anunciaram o assalto ao senhor Belchior Alves de Andrade, 65 anos, que estava em frente da residência onde morava.

Belchior Alves reagiu à ação criminosa efetuando um disparo com um revólver calibre .38. Os assaltantes revidaram e efetuaram os disparos que ocasionou a morte da vítima. Após a realização do crime, os assaltantes subtraíram a arma de Belchior Alves e fugiram. 

No decorrer do processo investigativo, os policiais civis da Força-Tarefa conseguiram identificar um dos assaltantes como um adolescente, que na época tinha de 17 anos, e residia no município de Macaíba. Ele é suspeito da prática de vários atos infracionais análogos aos crimes de roubo, latrocínio e homicídio. 

Atualmente o jovem está com 19 anos, e encontra-se apreendido no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) em Mossoró, cumprindo uma medida socioeducativa por outro ato infracional grave.  O outro suspeito continua foragido da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181, que possam auxiliar na identificação da identidade do outro suspeito.

 

PC/ASSECOM