Presidentes do Flamengo e Vasco vão a Bolsonaro pelo retorno do futebol

Presidentes do Flamengo e Vasco vão a Bolsonaro pelo retorno do futebol
Crédito da foto: Reprodução/instagram/Bolsonaro com os presidentes do Flamengo, Rodolfo Landim, e do Vasco, Alexandre Campello,

O GLOBO

Os presidentes do Flamengo, Rodolfo Landim, e do Vasco, Alexandre Campello, almoçaram nesta terça-feira com o presidente da República, Jair Bolsonaro, em Brasília. Entre os assuntos da conversa, esteve o retorno do futebol e a possibilidade dos treinamentos acontecerem no Estádio Mané Garrincha. Nesta quarta-feira, outro encontro entre os cartolas está marcado.

A aproximação de Flamengo e Vasco com o Governo Federal tem o objetivo de fortalecer a ideia da volta aos treinos e jogos. Bolsonaro foi presenteado com a nova camisa 2 do rubro-negro, lançada na última semana, e posou com ela para foto.

Houve o pedido para que o Ministério da Saúde crie um protocolo para volta dos jogos, tendo a Bundesliga como exemplo. Ele já se manifestou à favor da retomada das atividades esportivas no país. Para a eventual realização de treinos em Brasília - meta para a próxima semana - o Flamengo fretaria um voo para jogadores e comissão técnica.

Na comitiva do Flamengo, além de Landim, esteve presente o diretor de relações governamentais, Aleksander Santos, e o coordenador médico Márcio Tannure. O senador Flávio Bolsonaro, o ator Mário Frias e o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, também participaram do encontro.

- Hoje demos um pequeno passo mas que pode significar um passo enorme no nosso retorno - escreveu Tannure em uma rede social.

Pela manhã, o Flamengo informou em nota que avaliações de jogadores, comissão técnica e funcionários continuaram a acontecer no Ninho do Urubu. Quem apareceu é porque testou negativo para Covid-19.

Esta não é a primeira vez em que o Mané Garrincha se coloca à disposição dos clubes cariocas para ajudar na volta do futebol. No final de abril, a empresa que administra o estádio o ofereceu à Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) para realização do Campeonato Estadual.