Ex-secretário de Saúde do Rio de Janeiro é preso

Ex-secretário é acusado de superfaturamento em compras de equipamentos e montagem de hospitais de campanha durante a pandemia da Covid-19 no estado

Ex-secretário de Saúde do Rio de Janeiro é preso
Reprodução / TV Globo/Ex-secretário de Saúde do RJ, Edmar Santos

Oex-secretário de Saúde do Rio de Janeiro Edmar Santos foi preso na manhã desta sexta-feira (10) no bairro de Itaipava, em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro. Ele é acusado de superfaturamento em compras de equipamentos e montagem de hospitais de campanha durante a pandemia da Covid-19 no estado.

Agentes do Ministério Público do Rio de Janeiro estão neste momento em um dos imóveis de Santos no bairro de Botafogo, Zona Sul da capital fluminense.

Santos foi exonerado do cargo em maio pelo governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), após a pasta ser um dos alvos de uma operação da Polícia Federal e do Ministério Público que investigava suspeita de corrupção em contratos. Hoje, ele ocupa a função de secretário extraordinário de Acompanhamento da Covid-19.

Até o momento, ao menos três operações no Rio de Janeiro apuraram desvios em contratos durante a pandemia do novo coronavírus.


CONTINUAR LENDO

 

AGORA RN